Deliberator

Soraya Braz e Fabio FON · Impressão 3D · 2014

Discutindo criticamente a tecnologia e suas implicações, surge Deliberator, projeto baseado na desfiguração gradativa de polêmico projeto em fabricação digital.

Seguindo a linha de trabalhos anteriores como Grampo (2007) e CAPTAS (2009), que discutem criticamente a dimensão das relações estabelecidas entre/através dos meios tecnológicos, os artistas Soraya Braz e Fabio FON criaram Deliberator. Este trabalho consiste na gradual desfiguração do modelo digital da pistola Liberator de Cody Wilson, que seria a primeira arma de fogo que permite ser totalmente produzida através do processo de Impressão 3D. Chama-se de Impressão 3D, um tipo de fabricação digital baseada em um processo de sobreposição de consecutivas camadas de material, sendo mais simples e barato do que outras tecnologias digitais de fabricação. Por sua rápida difusão nos anos 2010, a Impressão 3D inspirou vislumbres de um futuro em que muitos dos objetos que utilizamos (ou imaginamos) no cotidiano poderão ser produzidos em uma escala mais pessoal. Mas, destoando de um futuro de coisas indiscutivelmente benéficas e inofensivas, eis que o projeto de Wilson promove uma instigante discussão sobre as implicações desta nova tecnologia.

Deliberator, então, é uma instalação constituída de sete objetos sequencialmente alinhados, que são resultados de um processo cíclico: partindo de um modelo não-funcional de Liberator, cada objeto é escaneado, tornando-se imagem para converter-se em um modelo digital tridimensional e, em sequência, é impresso em 3D para tornar-se novamente objeto, procedimento que se repetirá várias vezes até alcançar a desfiguração total.

O projeto foi realizado com o apoio do Garagem Fab Lab.

Em agosto de 2014, Deliberator integrou o 1º Festival de Arte, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, o FACTORS 1.0, sendo apresentado entre os dias 20 e 22 daquele mês no Centro de Artes e Letras da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria, RS.