Logo
2014
Revista de poéticas da visualidade
 
VEJA TAMBÉM

Artéria 8
NÓISGRANDE
Casa Escura

 

Dentro da pesquisa de pós-doutoramento de Fábio Oliveira Nunes sob o tema “Mimetismo: Estratégia relacional em arte e tecnologia”, realizada com o apoio da FAPESP- Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo é organizada a revista Alteria, uma revista de poéticas da visualidade com participação exclusiva de alteregos, personas e pseudônimos. O insight da revista nasce a partir dos estudos em torno da alteridade da autoria de artistas em novos meios. Dentro da pesquisa, caberia então não só compor uma publicação com estes alterautores, mas também criar um produto mimético, passível de se assumir e se camuflar em seu contexto. A fatura escolhida seria, então, uma revista experimental de poesia visual. A referência para a ação mimética será a revista Artéria, produzida desde 1975 pelos poetas brasileiros Omar Khouri e Paulo Miranda. A revista Artéria tem reunido periodicamente autores de poéticas da visualidade (designers, artistas plásticos, poetas visuais entre outros) em torno de uma proposta: ser sempre mutável. A cada novo número, a revista se propõe a assumir novos suportes ou formatos.

Em um jogo de palavras, a revista ARTÉRIA vira ALTERIA. A troca de uma só letra passa a revelar a proposição de alteridade da nova publicação e de seus autores. Mas, para o jogo mimético estar completo, coube também a concepção de uma forma que causasse indistinção – sem negar ser uma homenagem ao conceitualismo sempre presente na histórica produção mimetizada: a imitação da capa de Artéria em seu primeiro número. A capa de Alteria imita as mesmas fontes, e o retrato dividido entre a capa e a contracapa, anteriormente o rosto do pai de um dos organizadores da edição dos anos 70, passa a ser a face do “pai” dos conceitualismos, Marcel Duchamp.

Comparação entre capas do número 1 de Artéria (1975) e Alteria (2014).

Foram então, convidados vários autores com personas criadoras já abordadas durante a pesquisa que viriam a se somar a outros criadores (entre poetas, poetas visuais, fotógrafos e artistas visuais) que aceitaram o desafio da publicação. Assim, a revista Alteria é lançada em abril de 2014, em duas versões: impressa, tal como a revista Artéria; e também digital – onde através de seu site pode-se imprimir versões “fac-símile”, a serem encadernadas tal como a versão em papel.

Os alterautores presentes na revista são: Rabuja Rubirosa; Souzousareta Geijutsuka; wALTER Weloz; Vânia da Silva; Augusto Nora; Antonio Edmilson de Oliveira Filho; Anton Lobo; Sophia Galante; Grupo Olho De Vidro; Bárbaro, The Third; Darcy Dias; Silvestre Sepúlvida; Nãobusto Duchamp; Mimo Steim; Johnny Warhol; Jota Mansur (abertura web).

Para acessar Alteria, acesse www.fabiofon.com/alteria .